Como Evitar Brigas na Família na Hora da Divisão da Herança.

Se chegou aqui tenho certeza que porquê de estar passando por isso na família. Um ente muito querido faleceu e agora tem gente que está brigado pelo terreno, imóveis, carro... Pensando nisso, criamos essa matéria para que você tenha um guia para esse momento tão complicado. Segue a matéria:



1° Verifique se o falecido (a) deixou algum testamento.


Você poderá verificar a existência de testamento público no site www.censec.org.br, onde você poderá solicitar informações ao RCTO (Registro Central de Testamentos Online). Havendo testamento já será informado em que cartório, data, livro e folhas em que ele foi feito. O resultado da pesquisa sairá até 2 dias úteis após o pagamento das custas, que varia de acordo com o Estado de falecimento. Agora o testamento particular poderá ter sua existência verificada junto aos tabelionatos ou pessoas próximas ao falecido, ou ainda por quem participou do mesmo como testemunha.


2° Tome conhecimento de todo patrimônios deixado e qual situação física e judicial estão.


Fazer o levantamento de tudo que estava sobre posse do falecido é super importante para as ações seguintes, pois da pra saber ao certo o que vai ser divido. Além disso, é essencial saber como está esse patrimônio, muitas das vezes, a propriedade não está 100% quitada, ou com complicações judiciais, tendo assim um problema para o possível herdeiro, que achando que ganhara algo que acrescente, mas na verdade vai estar pegando uma tremenda dor de cabeça. Um carro, por exemplo, pode ter multas e documentação atrasada, e ao passar a propriedade, as dívidas também são passadas.

Um outro ponto é a estrutura física, podemos citar o exemplo de um imóvel que pode estar deteriorado, e possivelmente terá que passar por uma reforma obrigatória, ai vem os gastos com documentação, material de construção e o profissional habilitado para resolver esse problema.


3° Esteja por dentro da Lei.


No Brasil, a Constituição Federal de 1988 assegura o direito de herança, isto é: o direito que todos temos de que nossos bens sejam transmitidos aos nossos herdeiros após a nossa morte. Já o Código Civil estabelece regras mais concretas, sobre como e quem tem direito de receber o quê.

Muitas das vezes o grau de parentesco não significa muita coisa. Um exemplo simples, muita das vezes em um casamento de partilha parcial de bens, quando um dos lados do relacionamento venha a falecer, o 50% de bens do que venho a falecer vai para o conjugue que ficou vivo e para os filhos, os irmãos, pais, primos e outros não tem direito de herança, a não ser que haja um testamento.

Para saber mais sobre regimes de casamento clique aqui!


4° Cuide do Inventario.


Antes de qualquer partilha, o primeiro passo é cuidar do inventario, que nada mais nada menos que a declaração dos bens deixados. A primeiro momento esse levantamento serve para que seja pago qualquer divida que o falecido tenha deixado quando em vida, esse levantamento pode ajudar a fazer o pagamento dessas dívidas.

Outro beneficio de um inventario é a necessidade dele para a passagem oficial da herança para que o herdeiro possa usufruir dos bens. Quando não feito, pode trazer sérias complicações para os herdeiros, saindo mais caro que os gastos iniciais.

Para saber mais sobre inventários clique aqui!


Lembre-se! O advogado é muito importante nesses momento, ele pode mediar em meio as discussões, além lógico, de cuidar de toda a documentação de um possível inventario. Quer fazer uma consulta com um advogado especializado em Inventario sem compromisso? Clique aqui!


Tomando esses cuidados, é mais fácil de tomar decisões na partilha de bens. Lembre-se que é importante que todos os herdeiros estejam dispostos a assumir os possíveis riscos e gastos no processo de herança, e que quando um não resolve, nenhum resolve. É um processo complicado, mas sai todo mundo ganhando se todos colaborarem, pois além de trazer um momento mais calmo nessa situação de luto, agiliza ainda mais na parte judicial.



223 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo